sexta-feira, outubro 27, 2006

A alheira...

Alheira é um enchido típico da culinária portuguesa cujos principais ingredientes são carne e gordura de porco, carne de aves, pão, azeite, banha, alho e colorífico. Este prato foi criado pelos judeus a fim de despistar os seus perseguidores da Inquisição, que os identificavam facilmente por não produzirem e defumarem os enchidos à base de carne de porco tradicionais entre os cristãos, em decorrência de restrição alimentar por motivos religiosos. Desta forma, nas primeira alheiras foram usadas carnes como vitela, coelho, peru, pato e galinha. A iguaria acabou se popularizando inclusive entre os cristãos, que foram os responsáveis pela introdução da carne de porco.



Depois desta definição expectacular de Alheira, todos nos apercebemos que falta o exemplo-pai das alheiras! A denominada de Senhora Alheira!
O recheio inicialmente é só um, multiplica-se, passa por diversas metamorfoses transformando-se num recheio mais volumoso e depois deixa de ser alheira outra vez?!

Ora nem mais, estou a falar da mulher quando grávida.
Acho desnecessário focar qual o primeiro recheio e quais as metamorfoses, por isso... cuidado com o "encher destas alheiras"!

1 comentário:

Anabelacps disse...

Che, estava aqui a pensar nessa metamorfose da mulher, quando grávida, e na alusão ao recheio da alheira... desculpa, da SENHORA ALHEIRA e...

... e acho que o filho do Néné, é de facto um exemplo de sério excesso de gordura de porco, aquando do devido enchimento.