segunda-feira, novembro 06, 2006

Cabeleireiras Vs. Cabeleireiros

Se tem tempo livre e não sabe como o passar, a melhor opção para si é uma cabeleireira.
Se o que quer, é ler "O Jogo" e fumar um cigarro enquanto coça a micose escrotal enquanto espera ser atendido, então aconselho um cabeleireiro.
Se quer enriquecer a sua mesquinhice, sem ter de ler este blogue, vá a uma cabeleireira - revistas com todo o tipo de mexericos, desde moda até à última borbulha que apareceu no campo minado que é a cara do Cristiano Ronaldo.
Se o que quer é gozar quadros ou posters de nekas tipo Brad Pitt, que se sujeitam a servir de modelos com os penteados mais estúpidos à face da terra, com o fim de estarem pendurados numa parede, então um cabeleireiro é o que procura.
Se o que quer é ficar a gozar com os defeitos capilares das velhas do Jet 7, então o melhor é uma cabeleireira, só que uma qualquer não serve, tem de ser uma fashion ali para os lados da Foz.


Bem, a minha boa acção do dia está feita.
Não perca o seu tempo a pensar onde vai cortar a gadelha.
Todas as demências que procuramos quando pretendemos cortar o cabelo, estão aqui. É só escolher.
Não é preciso agradecer.
Eu sou como uma miss mundo, só defendo a "paz mundial" e o bem estar do próximo.

2 comentários:

Anónimo disse...

esqueces te te de referir as competências das cabeleireiras, carniceiro vs sapateiro, bem como as tendências para a futriquice, que metem as revistas a um canto...
mt engraçados os teus artigos
lol

Anabelacps disse...

Che:

O meu cabeleireiro é gay (panascão da pior espécie).

Agora imagina, o tipo (tipa para os perfeccionistas) consegue a proeza de, para além de apanhar no cú e gabar-se disso, ser um excelente profissional.

Consegue ainda a proeza de juntar as características dos teus dois géneros de "corta cabelos" do teu post.

Este não é uma miss, é antes uma lady... E leva caro como uma puta fina!