domingo, julho 16, 2006

"O código da passagem" (baseado em factos reais)

O estado das ruas, a calamidade em que as pessoas se encontram a viver e até à qualidade dos pastos das vaquinhas em Aires de Sousa são problemas sérios dos dias que correm.
A justificação para tal facto é mais correcta quando elaborada por aquelas pessoas "sábias", do seio da população portuguesa (velhas no geral), com a seguinte frase: "Aiii! Cristo não passou por aqui..de certezinha!!".
Pois eu, "não sábio", tenho uma coisinha a dizer...
Tendo em conta o estado do país, assim no geral, eu digo: "Meus amigos, Cristo não passou mesmo por Portugal!! Ele era carpinteiro, e naquela altura não havia a época dos saldos. Logo, as sandálias foram as mesmas durante toda a época de peregrinação... E mais!! O único que chegou mais perto foi o Tiago (discípulo de nosso Senhor Jesus Cristo, o Nazareno), que se deixou parar por S. Tiago de Compostela... Porquê!? Porque já viveu mais uns aninhos, e já apanhou meia dúzia de feiras onde os ciganos apareceram e lhe venderam o primeiro modelo das sapatilhas "Nike"!"

2 comentários:

tulipa_negra disse...

acho que quem passou por cá foram os dinossauros não foi? ;-)

Wendy disse...

lllllloooooooolllllll....ora ai esta uma boa teoria!!!mas eskecest-t das festas da cidade..akilo e cm no sr de matosinhos..agora compram-se oculos a 5€...e dos bons!!!